O SOL E A LUA

O SOL E A LUA O mundo era feito de escuridão. O frio congelava as montanhas e os oceanos haviam virado imensas pedras de gelo. A humanidade sobrevivia de teimosa. Sabe-se lá por quanto tempo.…

O MEU JESUS

O MEU JESUS Sou um pagão de carteirinha, li a Ilíada e a Odisséia de cabo a rabo várias vezes, mas nunca passei de uma folheada na Bíblia. Mesmo assim, lembro das histórias acerca de…

AS DUAS PONTAS DO DIA

HISTÓRIAS DO ALVITO AS DUAS PONTAS DO DIA Segundo testemunhas, vim ao mundo às seis horas da manhã, infelizmente atrasado (deve ter sido a primeira e última vez) para ver o sol nascer. Este fato…

PEDAGOGIA DA BATUCADA

PEDAGOGIA DA BATUCADA Por um motivo que não vale mencionar, nos meus primeiros dez anos como professor sempre era escalado para 6a. feira à noite. Meus alunos eram universitários por volta dos vinte anos, para…

PROFESSOR NÃO É SANTO

HISTÓRIAS DO ALVITO PROFESSOR NÃO É SANTO Ao contrário do que reza a lenda, professor não é santo. Muito menos um professor menino, levado, que está sempre testando novas ideias e metodologias. Mesmo apaixonado pela…

MAMÃE E O SULTÃO

Alto lá, calma aí, não vão imaginando coisas. Papai era baiano e dava seus conselhos de forma sutil e disfarçada, cantava uma música, contava uma história, sempre de forma leve, sem marcar posição. Mamãe era…

SCANIA

HISTÓRIAS DO ALVITO SCANIA O menino de 12 anos jamais ligou para automóveis, armas ou guerra. O negócio dele era futebol em todas as suas formas: no estádio, jogando pelada ou futebol de botão. Certa…

ADEUS, TIO MANECO

ADEUS, TIO MANECO Papai adorava cinema e ao menos uma vez por semana escapava sozinho para ver qualquer coisa que fosse depois do trabalho. Era uma lembrança do tempo em que, adolescente sem recursos, sua…

A INCOMPARÁVEL DONA MARLENE

A Rua dos Unidos é uma estreita viela que desemboca no Larguinho, uma microárea da Favela de Acari. No número três ficava a casa de Dona Marlene, onde reinava inconteste sobre marido, filhos, noras, netos…

ALDIR E O SONHO

HISTÓRIAS DO ALVITO ALDIR E O SONHO Não gosto de contar histórias que me contaram, já tenho nariz grande e para me chamarem de mentiroso é um pulo. Mas essa, no dia de hoje, eu…