POEMA DE HOJE – Alice RUIZ

pessoas com suas malas mochilas e valises chegam e se vão se encontram e se despedem de seus pertences como se pudessem chegar a algum lugar onde elas mesmas não estivessem

POEMA DE HOJE – Natália AGRA – Quarto…

QUARTO VAZIO   Um quarto do quarto está vazio nem lembrança, nem pavio amadeirado mandarim insone a cama, só um lençol branco muito envelhecido   já se passaram seis anos num abraço dolorido contra o…

POEMA DE HOJE – Ana Martins MARQUES –…

A VIAGEM Que coisas devo levar nesta viagem em que partes? As cartas de navegação só servem a quem fica. Com que mapas desvendar um continente que falta? Estrangeira do teu corpo tão comum quantas…

Poema de hoje – Morte de mãe –…

Conhecia Domingos Pellegrini como um grande contista brasileiro. Quem me apresentou ao poeta foi o jornalista, escritor e grande mestre de escrita criativa Luiz Pimentel, de quem sou aluno desde o início de 2018. Eis…

POEMA DE HOJE – Os poemas de Carlos…

Carlos Carriço é um poeta português. Preferiu que nada mais fosse dito. Mas não posso deixar de notar o lirismo irônico, de uma clareza que preserva seu mistério, de uma despretensão inteligente, pois a sabedoria…

POEMA DE HOJE – Ode ao burguês –…

POEMA DE HOJE MÁRIO DE ANDRADE ODE AO BURGUÊS Eu insulto o burguês! O burguês-níquel, o burguês-burguês! A digestão bem feita de São Paulo! O homem-curva! O homem-nádegas! O homem que sendo francês, brasileiro, italiano,…

POEMA DE HOJE – Tanto sentimento – Fernando…

POEMA DE HOJE FERNANDO PESSOA TANTO SENTIMENTO (19.09.1933) Tenho tanto sentimento Que é frequente persuadir-me De que sou sentimental, Mas reconheço, ao medir-me, Que tudo isso é pensamento, Que não senti afinal.   Temos, todos…

POEMA DE HOJE – Poemas aos homens do…

POEMA DE HOJE POEMAS AOS HOMENS DO NOSSO TEMPO I homenagem a Alexander Solzhenitsyn Senhoras e senhores, olhai-nos. Repensemos a tarefa de pensar o mundo. E quando a noite vem Vem a contrafação dos nossos…

POEMA DE HOJE – Alice Ruiz – Socorro

POEMA DE HOJE ALICE RUIZ SOCORRO Socorro, eu não estou sentindo nada. Nem medo, nem calor, nem fogo, não vai dar mais pra chorar nem pra rir.   Socorro, alguma alma, mesmo que penada, me…

POEMA DE HOJE – Corpo de delito –…

POEMA DE HOJE ARMANDO FREITAS FILHO CORPO DE DELITO I Escuta o rumor nas margens plácidas feitas de lama, sangue e memória. Escuta o brado retumbante na garganta do túnel. Por entre as grades do…

POEMA DE HOJE – Colloque sentimental – Mário…

POEMA DE HOJE MÁRIO DE ANDRADE COLLOQUE SENTIMENTAL Tenho os pés chegados nos espinhos das calçadas... Higienópolis! ... As Babilônias dos meus desejos baixos... Casas nobres de estilo... Enriqueceres em tragédias... Mas a noite é…

POEMA DE HOJE – O vestido – Adélia…

POEMA DE HOJE O VESTIDO, Adélia Prado (1935- ) Já disse que "para mim Adélia Prado não existe feito gente, é uma entidade pairando". Vejam este poema que é delicadeza pura, para variar: O VESTIDO…

POEMA DE HOJE – Que país é este?…

POEMA DE HOJE Poucas vezes um poema explicou tão bem um país e poucas vezes um poeta explicou tão bem o seu poema... Excepcionalmente, não colocamos o poema todo, apenas as duas primeiras partes das…