MÁQUINA DO TEMPO EM SAMPA

MÁQUINA DO TEMPO EM SAMPA Não lembro se fui lá só para isso, o que é bem possível. Mas sei que foi uma experiência inesquecível. Uma exibição de um filme mudo no auditório da Folha…

O QUE VOCÊS NÃO SABEM

O QUE VOCÊS NÃO SABEM Sobrevivi à escola. Com muitos ferimentos e cicatrizes. Juntamente com o serviço militar e a troca de fraldas carregadas, foi decerto a experiência mais traumatizante da minha vida. Supostamente era…

SAMBA 911

SAMBA 911 Ligar ou não para o 911? Afinal era a vida de uma criança que podia estar em jogo... Como me meti nessa? Eu conto. Era casado e ela tinha família nos Estados Unidos:…

O PEQUENO LADRÃO DE CHOCOLATES

O PEQUENO LADRÃO DE CHOCOLATES Toda a semana era a mesma coisa. Aos sábados, vovó Celé aparecia para almoçar conosco. Vinha sempre bem arrumada em seus vestidos estampados, pulseiras, colares e o cabelo cheio de…

ERA SÓ PERGUNTAR

ERA SÓ PERGUNTAR Para Heitor Alvito e seus colegas Nasci com quase cinco quilos, rechonchudo, bochechudo e curiosamente louro. A cabeça, por seu tamanho, criou certo problema no parto e tive que ser tirado literalmente…

AUTO-DEFINIÇÃO

AUTO-DEFINIÇÃO O motor 6.0 tem potência, mas dispensa pesos inúteis. Fui entrevistado por um pessoal bacana de um podcast e quando a edição terminou eles entraram em contato e pediram para que eu me definisse:…

PIADA DE PORTUGUÊS

PIADA DE PORTUGUÊS Calma, não vou contar piada de português, não sou suicida, as PPCs estão à solta. Patrulhas do Politicamente Correto. Mais ferozes do que os White Walkers de Game of Thrones, mas sem…

VOCÊ ACHA QUE CACHAÇA É ÁGUA

VOCÊ ACHA QUE CACHAÇA É ÁGUA Ele estava casado. A mulher havia terminado de escrever a tese de doutorado, cuja presença ostensiva praticamente transformava tudo em um relacionamento a três: ele, ela e a tese,…

NO PÁTIO

NO PÁTIO Depois de ser aprovado no concurso, fui escolher a escola em que eu daria aula como professor de História na rede estadual. Nessa hora as lembranças de infância pesaram. Meu pai era professor…

UMA ARTE DIFÍCIL

UMA ARTE DIFÍCIL Era uma técnica precisa e delicada. Alguns diriam até que era uma arte. Envolvia vários procedimentos. Posicionamento estratégico, sensibilidade apurada e timing perfeito eram absolutamente necessários. Tudo tinha que ser executado com…

UMA HISTÓRIA POLITICAMENTE INCORRETA

UMA HISTÓRIA POLITICAMENTE INCORRETA ... Posso contar uma história politicamente incorreta? Não posso? Tudo bem, sendo assim eu não conto... Mudaram de ideia? Então eu conto. Enquanto eu fazia um doutorado sobre as mulheres de…

OS ESPARTANOS CARECAS

OS ESPARTANOS CARECAS Para Sydenham Lourenço e os outros nove Não é fácil contar uma história em que você é o vilão. Nelson Rodrigues dizia que a memória é uma vigarista. Ela não somente modifica,…

O MEU JESUS

O MEU JESUS Sou um pagão de carteirinha, li a Ilíada e a Odisséia de cabo a rabo várias vezes, mas nunca passei de uma folheada na Bíblia. Mesmo assim, lembro das histórias acerca de…

AS DUAS PONTAS DO DIA

HISTÓRIAS DO ALVITO AS DUAS PONTAS DO DIA Segundo testemunhas, vim ao mundo às seis horas da manhã, infelizmente atrasado (deve ter sido a primeira e última vez) para ver o sol nascer. Este fato…

PEDAGOGIA DA BATUCADA

PEDAGOGIA DA BATUCADA Por um motivo que não vale mencionar, nos meus primeiros dez anos como professor sempre era escalado para 6a. feira à noite. Meus alunos eram universitários por volta dos vinte anos, para…

PROFESSOR NÃO É SANTO

HISTÓRIAS DO ALVITO PROFESSOR NÃO É SANTO Ao contrário do que reza a lenda, professor não é santo. Muito menos um professor menino, levado, que está sempre testando novas ideias e metodologias. Mesmo apaixonado pela…

MAMÃE E O SULTÃO

Alto lá, calma aí, não vão imaginando coisas. Papai era baiano e dava seus conselhos de forma sutil e disfarçada, cantava uma música, contava uma história, sempre de forma leve, sem marcar posição. Mamãe era…

SCANIA

HISTÓRIAS DO ALVITO SCANIA O menino de 12 anos jamais ligou para automóveis, armas ou guerra. O negócio dele era futebol em todas as suas formas: no estádio, jogando pelada ou futebol de botão. Certa…

ADEUS, TIO MANECO

ADEUS, TIO MANECO Papai adorava cinema e ao menos uma vez por semana escapava sozinho para ver qualquer coisa que fosse depois do trabalho. Era uma lembrança do tempo em que, adolescente sem recursos, sua…

A INCOMPARÁVEL DONA MARLENE

A Rua dos Unidos é uma estreita viela que desemboca no Larguinho, uma microárea da Favela de Acari. No número três ficava a casa de Dona Marlene, onde reinava inconteste sobre marido, filhos, noras, netos…

ALDIR E O SONHO

HISTÓRIAS DO ALVITO ALDIR E O SONHO Não gosto de contar histórias que me contaram, já tenho nariz grande e para me chamarem de mentiroso é um pulo. Mas essa, no dia de hoje, eu…

A CASINHA

A CASINHA Para meu amigo e mestre Márcio Vassallo A pergunta em uma aula de escrita criativa: em que palavra você mora? Eis a minha resposta: Moro num barraquinho de madeira, no alto de um morro.…

A PRAIA DO DISCO VOADOR

Calma, não é filme de ficção científica. É que mesmo antes do comevida19 eu já chamava minha casa de disco voador. É um apartamento simples de quarto e sala, fica no terceiro e último andar…

MEU MANUAL PARA CASAIS

  Não vou escrevê-lo, mas sei como seria. Viria em capa dura na cor azul para afetar seriedade e alegria. Teria 500 páginas. 498 enumerariam todos os erros que cometi nos meus dois casamentos, em…