Namora, Amélia

NAMORA, AMÉLIA   "Que Deus entendeu de dar A primazia Pro bem, pro mal Primeira mão na Bahia"   (Gilberto Gil)   Por uma maravilhosa ironia histórica, a mansão do Conde de Subaé, uma imponente…

Mestre Gato, imperador do berimbau

MESTRE GATO, IMPERADOR DO BERIMBAU   A cada dia eu descobria um mundo novo em Santo Amaro. Uma das pessoas mais bacanas e mais incríveis que conheci foi Mestre Gato. Negro de pele luzidia e…

Culpa da liberdade

CULPA DA LIBERDADE   A experiência do serviço militar foi muito ruim. Por conta disso, aprendi muito, saí modificado. Era muito tímido, mas o tempo que considerei perdido naquele quartel de São Cristóvão me fez…

ALMOÇO CAPRICHADO

ALMOÇO CAPRICHADO   Papai adorava aprontar uma surpresa. Daquela vez ele se superou. Ele trabalhava na Universidade Rural, primeiramente como professor e depois como médico veterinário no Hospital Veterinário de lá. Certa vez, quando eu…

13 ANOS E NUNCA MAIS

13 ANOS E NUNCA MAIS   Diante de mim um jovem branco, franzino, que afirmava ter 15, mas parecia um menino de 13 anos. Contou sua vida sem alterar a voz, como se tudo aquilo…

Mais uma do Ciro

MAIS UMA DO CIRO No caso do Prof. Ciro, a máquina de escrever era uma espécie de extensão das suas mãos. Trazia tudo batido à máquina: suas aulas, palestras, apostilas e sobretudo os inúmeros livros…

Loteria silenciosa

LOTERIA SILENCIOSA Ele era um professor espetacular. Um remanescente de outra época, dos professores catedráticos. Da primeira à última palavra ele estava transmitindo conteúdo. E o conteúdo era excelente. Tenho até hoje um caderno cheio…

Literatura três a um

LITERATURA TRÊS A UM A literatura salvou a minha vida três vezes. Um dia eu conto. Mas também quase perdi a vida por causa dela. Tinha talvez uns quinze anos. Estava no primeiro ano daquilo…

Leandro

LEANDRO Era uma vez um rapaz grego apaixonado por uma jovem sacerdotisa de Afrodite encerrada numa torre. Todos os dias ele nadava até o lado de lá do Helesponto (atual estreito de Dardanelos) para namorá-la,…

Gentileza demais

GENTILEZA DEMAIS... Das entrevistas que não fiz, essa foi a mais espetacular. Eu dava aula em um curso de Segurança Pública na UFF em que as turmas eram quase na totalidade compostas por oficiais da…

Fazendo tudo para manter a virgindade

FAZENDO TUDO PARA MANTER A VIRGINDADE Opa, não é isso que vocês estão pensando, seus danadinhos. Virgindade era como eu me referia ao fato de nunca chegar atrasado às minhas aulas na universidade do outro…

Era só perguntar

ERA SÓ PERGUNTAR Nasci com quase cinco quilos, rechonchudo, bochechudo e curiosamente louro. A cabeça, por seu tamanho, criou certo problema no parto e tive que ser tirado literalmente a fórceps. Depois disso passei a…

Em mares nunca dantes navegados

EM MARES NUNCA DANTES NAVEGADOS Os espartanos penteando seus longos cabelos antes das batalhas. Os frisões, que penduravam os cadáveres dos seus mortos dentro de casa para não se esquecerem de vingá-los. O faraó fazendo…

O último presente

ELE Foi um Natal diferente. A família resolveu assumir o verdadeiro caráter da nossa reunião. Passamos a noite comendo o lendário e mitológico bolinho de bacalhau de Dona Fernanda. E cantando samba. Meu cunhado no…

Ela e os monstros

ELA E OS MONSTROS Ela tinha apenas cinco anos de idade. Era a menina mais linda do mundo. E eu era perdidamente apaixonado por ela. Queria demonstrar isso de alguma maneira. Quem gosta de elogio…

Doutor em balas perdidas

DOUTOR EM BALAS PERDIDAS Estava casado. Minha mulher, querendo emagrecer, entrou nos Vigilantes do Peso. Eu não me associei, mas por solidariedade compartilhei das espartanas refeições previstas no programa. De início, senti até tonteira de…

Devendo um cartão postal

DEVENDO UM CARTÃO POSTAL O garoto que fazia História adorava o Nordeste. Ia para lá nas férias e muitas vezes pegava carona. De Recife para Natal conseguiu carona em uma caminhonete bem alegre: ia ali…

Despedida gloriosa

DESPEDIDA GLORIOSA Éramos todos alucinados por futebol. Eu e todos os outros meninos que moravam no prédio. Só havia um problema: não tínhamos quadra nem playground. Apelamos para o futebol de botão. Tínhamos extensos campeonatos…

De que é feito o mito

DE QUE É FEITO O MITO Ele era um mito. Também, pudera. Àquela altura, já tinha publicado mais de vinte e cinco livros, alguns traduzidos em vários países. Era um dos poucos historiadores brasileiros reconhecidos…

A história dos chapéus

A HISTÓRIA DOS CHAPÉUS Papai adorava contar as mesmas piadas, repetir as mesmas histórias. Não era por esquecimento. É que determinadas piadas e algumas histórias, tratavam de temas centrais, sobre os quais ele nunca queria…

A glória do Embalo

A GLÓRIA DO EMBALO Reza a lenda que os primeiros a jogar futebol nestas plagas foram marinheiros ingleses e escoceses que aproveitaram seu dia de folga para bater uma bolinha na praia. Sendo assim, podemos…

Exu de farda azul

EXU DE FARDA AZUL Se o Brasil não é para principiantes, imaginem o Rio de Janeiro. A história que vou contar hoje é dessas, tão inacreditável que só podia acontecer no Rio. Mais especificamente neste…

Como se fazem os juízes

COMO SE FAZEM OS JUÍZES Há aquela famosa música cantada por Bezerra da Silva, criticando o malandro que só é corajoso armado: “Você com revólver na mão é um bicho feroz, feroz”. No meu caso,…

Como a literatura salvou minha vida

COMO A LITERATURA SALVOU MINHA VIDA Foi puro acaso. Vivi minha adolescência numa das décadas mais loucas da história da Humanidade, os anos 70. Os garotos, eu incluído, usavam sapatos chamados de “Cavalo de Aço”…